sábado, 15 de dezembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 68


Capítulo 68

Miley cumprimentou a família de Nick ao passar pela sala e ele segurou gentilmente a mão dela guiando-a até o escritório, fechou a porta e a olhou intensamente.
-O que a gente fez, hein? – Nick perguntou triste.
-Eu não sei – Miley passou a mão no cabelo e respirou fundo – eu realmente não sei.
-Você tá afim daquele Liam, né? – Nick bufou.
-Eu não vim aqui pra brigar, Nick – ela respondeu no mesmo tom – não temos mais quinze anos, não quero que aquela cena se repita.
-Desculpa – ele se mostrou envergonhado, caminhou até uma poltrona e se jogou de qualquer jeito, passou a mão na nuca por nervosismo – você tá confusa, né?
-Tanto quanto você – ela disse e caminhou até ele se agachando a sua frente – o que a gente faz?
-Acho que a gente descobriu o que realmente sentimos um pelo outro – ele fez um carinho no rosto dela, que fechou os olhos para guardar cada segundo daquilo – eu te amo, Miley, mas eu sinto como se…
-Fosse algo do passado – ela completou abrindo lentamente os olhos, tirou delicadamente as mãos dele do rosto dela e as segurou – algo de infância, nós crescemos e amadurecemos, precisamos de algo que acompanhe isso.
Nick suspirou aliviado por ela pensar do mesmo jeito que ele e por ter certeza que eles sempre seriam amigos, apesar de tudo. Ele se levantou e abriu os braços e Miley logo se aconchegou neles, e assim eles ficaram por um bom tempo.
-Foi mais fácil que eu imaginei – Miley confessou e Nick riu fraco.
-Pois é – concordou – eu vou estar sempre com você, ok?
-Eu sei – ela se soltou dos braços dele para encara-lo – eu te amo muito.
-É, todos amam – ele se gabou e ela deu um tapa nele – eu também te amo, viu, e boa sorte com o grandalhão lá, se ele te magoar, me avisa.
-Mas que obsessão – Miley riu – eu não tenho nada com o Liam – ela encarou Nick com um olhar debochado – você que precisa de sorte com uma certa baixinha aí.
-QUE? – Nick quase engasgou e encarou Miley – Miley, por favor, a Demi é minha irmã.
-Aham, sei – ela se virou para a porta – o Justin também era “irmão” da Selena – ela voltou a olhar pra ele – só estou avaliando as coisas, e não, eu não vou me sentir mal com isso, qualquer um que conviva com vocês por dois segundos percebe essa atmosfera cor-de-rosa – ele riu sem jeito – eu tenho que ir, tenho um dia atarefado amanhã.
-Eu vou até a garagem com você – ele disse ainda vermelho e a acompanhou.
-Nossa, achei que iria demorar mais – Denise disse quando Nick entrou de volta em casa, Nick sempre ficava aos beijos com Miley na garagem.
-É, nós terminamos – ele se sentou ao lado dela no sofá.
-Tá tudo bem? – ela perguntou.
-Sim, melhor do que eu imaginei que ficaria – confessou – eu vou para o meu quarto – se virou pra Joe que estava com a mesma cara abatida de antes – aparece na gravadora amanhã, ok? Já liguei para o Kevin, teremos que passar o dia todo lá graças ao dia que você faltou.
-Tá, cara, eu vou – Joe respondeu irritado – também to subindo – e saiu correndo para seu quarto.
-Nick – Denise chamou o filho antes dele sair – ajuda o seu irmão, ele tá mal de verdade.
-Ele que procurou isso.
-Nicholas, por favor – ela pediu.
-Ok mãe, eu ajudo – Nick disse e se abaixou depositando um beijo meigo na testa de sua mãe – agora eu vou dormir, boa noite.
-Boa noite, querido.
Nick mal conseguiu dormir, ele rolava na cama pensando em Demi, e a situação dela não era muito diferente, depois que Miley saiu, ela passou um tempo com sua família e depois foi descansar, mas ainda não havia conseguido pegar no sono, seu celular apitou e ela o procurou em meio ao edredom.
“Posso ter a honra de almoçar com você amanhã na gravadora?”
Era Nick, seu coração acelerou, que estranho era pensar nele desse jeito.
“Claro que sim, Jerry”
“Ótimo, algumas horas até eu ver o sorriso mais lindo do mundo. Boa noite, princesa.”
Demi não pode deixar de sorrir, Nick, sempre tão fofo e atencioso.
“Boa noite, durma bem”

Nenhum comentário:

Postar um comentário