sábado, 15 de dezembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 67


Capítulo 67

-Ei – Miley disse desanimada enquanto entrava na casa de Demi e se jogava no sofá – sozinha?
-Sim – Demi concordou sorrindo e se sentou ao lado da amiga – anda, fala, o que tá te deixando calada? – Demi riu, normalmente Miley correria para a cozinha pra atacar a geladeira enquanto tagarelava sobre qualquer coisa.
-Acho que eu vou terminar com o Nick.
-QUE? – Demi gritou assustada, Miley olhou pra ela confusa – vocês se amam, quer dizer, vocês são loucos um pelo outro desde pequenos, isso é uma fase – Demi atropelava as palavras desesperada.
-Demi, calma – Miley respirou fundo – é verdade, a gente se ama, mas isso tá sufocando nós dois, tá cômodo pra nós dois, a gente precisa desse tempo, sabe? Pra gente saber o que realmente sentimos, porque eu acho que isso já deixou de ser amor, acho que é um respeito muito grande que a gente tem um pelo outro.
-Você tá afim do Liam? – Demi perguntou baixo, seu coração batia freneticamente.
-Não – Miley respondeu rápido – não sei – ela se corrigiu – Demi, você me conhece, né? Ele tem tudo a ver comigo, mas eu amo o Nick – ela apoiou o braço no joelho e escondeu o rosto com as mãos – eu to confusa, eu preciso desse tempo, o Liam apareceu do nada na minha vida pondo tudo de cabeça pra baixo, e bem, alguém apareceu na vida do Nick também – ela levantou o olhar e encarou a amiga.
Demi olhou para Miley assustada, procurava o ar com dificuldade e lutava contra a tontura repentina que fazia sua cabeça dar voltas e voltas, suas mãos suavam e ela procurava por um ponto de equilíbrio, aquilo não podia ser verdade, e medo de perder sua melhor amiga, sua única amiga, a tirava do eixo.
-Co-como assim? – ela perguntou, sua voz estava falha.
-Demi, por favor, né?! – Miley ironizou – não é possível que você seja tão lerda a ponto de não perceber como ele te olha, como ele te protege, como ele sorri quando tá do seu lado – ela se auto interrompeu – desde que eu vi vocês juntos pela primeira vez eu sabia que tinha algo no ar, da parte dele pelo menos.
-Miley, eu – Demi tentou se consertar mas Miley a cortou.
-Ta tudo bem, Demi – ela sorriu gentilmente – você não tem culpa disso, nem ele, ninguém tem – ela voltou a olhar para o chão – e eu prefiro que seja você do que qualquer outra, sei que você vai fazê-lo feliz – ela encarou Demi sorrindo – nossa amizade é importante demais pra acabar por isso.
-Mas, Miley, eu não sinto nada por ele – Demi se explicou – amorosamente falando, claro.
-Porque ele estava comigo – ela disse – estava – voltou a falar – eu to bem, Demi, e não fica se culpando, ok? Duvido que você não vai dar uns pegas nele – ela gargalhou – ele é o Jonas certo.
-Tá – Demi franziu as sobrancelhas – isso foi estranho – elas riram – faça o que for melhor pra você, eu to do seu lado sempre.
-Eu sei disso – Miley riu e elas se abraçaram – eu te amo, Demi.
-Eu também te amo, Miles.
-Ok, eu to com fome – Miley disse se levantando e indo para a cozinha.
-Agora me conte a novidade – Demi a seguiu rindo.
Elas passaram a tarde juntas, os pais de Demi chegaram junto com Madison e Miley ficou para o jantar.
-Estava tudo uma delicia, tia – ela disse para Dianna sorrindo – mas eu tenho que ir.
-Te levo até a porta – Demi se ofereceu e esperou Miley se despedir de todos – vai na gravadora amanhã?
-Não, amanhã eu tenho uma entrevista de manhã, um show beneficente a tarde e um evento a noite – Miley rolou os olhos – pretendo falar com o Nick agora.
-AGORA? – Demi perguntou assustada.
-Tá cedo ainda e eu preciso conversar logo com ele – ela se explicou – relaxa, Demi, meu Deus, você tá mais nervosa que eu.
-Você que sabe – Demi deu de ombros.
-Eu já tomei a minha decisão – Miley riu sem humor e abraçou Demi – tchau, amiga.
-Tchau – Demi sorriu e apertou o controle para o portão abrir.
Miley ligou para Nick no caminho avisando que passaria na casa dele, depois de ficar um bom tempo dentro do carro pensando ela tomou coragem e apertou o interfone, o gigantesco portão abriu logo em seguida e ela estacionou o carro em frente a grande garagem quando viu Nick descer para encontra-la.
-Oi – ela disse com um sorriso amarelo e ele respondeu com o mesmo sorriso.
-É melhor a gente conversar no escritório – ele virou e caminhou para dentro de casa, sendo seguido por Miley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário