sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 61


Capítulo 61

Demi foi para a sala controlando as lágrimas com muito custo, tentou não encarar ninguém pois sabia que choraria se fizesse isso, pegou sua bolsa e olhou rapidamente pra Miley.
-Parabéns pelo papel, amiga, e a noite foi maravilhosa, eu preciso mesmo ir – ela se escondia no cabelo, estava com a cabeça meio baixa e tinha a voz embargada.
-Espera, pequena, o que houve? – Alex deu um pulo do sofá se aproximando de Demi, assim que levantou o rosto dela com o polegar pode ver as lágrimas em seus olhos – me espera no carro – ele disse firme e Demi saiu.
-Cadê ela? – Joe apareceu na sala arrasado.
-Ela foi embora, e nós dois vamos resolver isso – Alex disse furioso, ele respirava pesadamente e encarava Joe com raiva.
-Calma, cara, eu não fiz nada – Joe disse se defendendo.
-Você é moleque – Alex disse sério – você não tem respeito, cara? Você tem uma namorada e sai na frente dela para ir atrás de outra?
-Ash, eu – Joe tentou dizer.
-Continua, Alex – ela o interrompeu também com raiva.
-Você tem sorte, tem a sorte que eu gostaria de ter – Alex chegava mais perto de Joe que se afastava dele – quando eu me despedi da Demi no aeroporto da primeira vez que ela veio pra cá, eu pedi pra ela não me esquecer, tinha medo de que ela se apaixonasse e ela me disse que, se isso acontecesse, seria o grande amor da vida dela porque ela achava impossível alguém superar o que ela sentia por mim – Alex sorriu sem humor – eu até que fiquei meio aliviado, nunca pensei que ela encontraria alguém que ultrapassasse o que nós sentimos um pelo outro, mas daí ela te conheceu – ele voltou a ficar sério – tem noção de como aquela garota é perfeita? Eu amo tudo nela – ele olha para baixo como se estivesse visualizando o rosto de Demi – adoro o jeito que ela morde o lábio inferior quando quer provocar alguém, a mania de piscar um olho quando tá pensando, quando ela começa a roer as unhas por estar nervosa, quando…
-Ela estreita os olhos em sinal de desafio – Joe o interrompeu chorando – quando ela solta aquela gargalhada maravilhosa e você se sente completo por saber que ela sorriu por sua causa, eu sei, eu sei de tudo isso, eu a amo.
-Então decida-se – Alex se enfureceu mais ainda – você está deixando duas garotas incríveis sofrendo por você, isso é pra que? Massagear o ego? Vai com calma, garanhão, se a Ashley te aceita assim, aí é com ela, mas eu não vou deixar que você se aproxime da minha pequena de novo, ok? É só um aviso, se ela chorar mais uma vez por sua causa você tá ferrado.
Alex disse um boa noite geral e saiu furioso.
-O que você fez? – Demi perguntou assustada assim que ele entrou no fechando a porta e socando o volante.
-VAI DEFENDER ELE, DEMI? – ele perguntou com raiva.
-Não, só quero saber o que você fez, não quero que você faça nenhuma besteira por minha causa, eu sei muito bem como você fica quando tá nervoso.
-Olha pra mim – ele disse mais calmo, Demi o encarou – para de sofrer por ele, por favor, isso tá doendo em mim, ele não te merece, Demi, não mesmo.
-É difícil – ela voltou a encarar o chão e suspirou derrotada – mas eu vou tentar, eu prometo que vou.
-Por nós? –ele perguntou com um sorrisinho e ela o fitou.
-Sempre por nós – riu abertamente e eles se abraçaram.
Demi e Alex foram juntos para casa enquanto o silencio reinava na mansão dos Jonas, Ashley tinha saído logo atrás de Alex, pegou um táxi e foi para casa.
-Não foi por falta de aviso – Nick disse com raiva.
-Não enche, Nicholas, eu já sei – Joe respondeu e se jogou no sofá com lágrimas nos olhos.
-Bom, como não é da minha natureza ficar quieta – Miley disse revoltada, fez uma pausa e encarou Joe – Joseph, eu vou te arrumar uma boneca inflável, porque tudo que você quer é um brinquedinho pra te satisfazer, e não uma mulher de verdade que esteja do seu lado, eu juro que eu não sei o que a Demi viu em você, mas vou logo avisando, se o Alex não te capar, eu mesmo faço isso, e com prazer – ela abaixou em frente ao sofá ficando cara a cara com ele – quando as festas, as outras mulheres e seus amigos não forem mais o suficiente para a sua felicidade e você precisar de alguém que acorde do seu lado todos os dias dizendo o quanto te ama, eu quero ver o que você vai fazer – ela se levantou e beijou Nick apaixonadamente – to indo, amor, amanhã eu vou estar na gravadora, se estiver por lá, me liga.
Ela sorriu para Nick e foi embora, Nick encarou o irmão o reprovando com o olhar.
-Não preciso dizer mais nada, né? – e foi para o seu quarto deixando Joe desolado e sozinho na sala.
No dia seguinte Demi passaria na gravadora, ela já tinha escolhido o repertório do seu CD e começaria a grava-lo, para a sua própria surpresa ela acordou muito bem disposta, olhou a hora no celular e viu que tinha uma mensagem.
Espero que esteja melhor, porque o dia fica horrível quando você não dá um sorriso”
-Alex – ela suspirou e sorriu com a mensagem – pronto, clareei seu dia – debochou consigo mesma e foi tomar banho para ir trabalhar.
Demi passou o dia no estúdio gravando as primeiras faixas do seu CD, ela estava tão feliz de finalmente estar conseguindo realizar seu sonho que nem se lembrava do que havia acontecido na noite anterior.
-MILEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY – ela gritou chegando na cantina, a amiga deu um pulo – meu troco – Demi sorriu vitoriosa e se sentou à mesa junto com Miley – meu CD está ficando lindo, perfeito e maravilhoso, vou roubar todos os seus fãs – debochou.
-Não duvido – Miley sorriu junto com a amiga, mas seu sorriso se desfez de repente.
-Que foi? – Demi perguntou virando a cabeça para ver o que Miley tanto encarava, mas só viu L.A. conversando com uma garota – que foi, Miley?
-Ah, não – Miley revirou os olhos e duas pessoas chegaram na mesa em que elas estavam.
-Boa tarde – a simpática garota disse e Demi olhou para Miley como se tivesse entendido tudo.
-Boa tarde – Demi respondeu igualmente simpática.
-Podemos conversar um instante, Demi?- L.A. perguntou.
-Claro, podem se sentar – Demi sorriu e Miley estreitou os olhos.
L.A. e a menina se sentaram à mesa com Miley e Demi.
-Bem, eu sou a Selena Gomez – a garota com um sorriso meigo se apresentou.
-É, eu sei – Demi sorriu – me chamo Demetria, mas prefiro que me chame de Demi.
-É um prazer finalmente te conhecer, Demi , o L.A. me fala bastante de você.
-Ah, é mesmo? – Demi perguntou desconfiada e encarou seu produtor que sorriu pra ela.
-Nós estamos caminhando bem, não acha, Demi? – ele disse ainda sorrindo – os singles promocionais que nós lançamos foram um sucesso, as fotos e os vídeos também, mas você está começando do zero e precisamos ajudar na divulgação da sua carreira – Demi ouvia a tudo atenciosamente – por isso eu tive uma ideia, meu projeto inicial era fazer com a Miley já que vocês não se desgrudam – ele riu e Selena revirou os olhos – mas como a Miley já fechou os shows  dela eu apresentei a proposta para a Selena que aceitou na hora.
-Que proposta? – Demi perguntou desconfiada.
-Quero que você viaje comigo abrindo os shows da minha Summer Tour que começa daqui a três meses – Selena se adiantou empolgada.
-O QUE? – Demi e Miley perguntaram juntas, Demi por empolgação e Miley por puro ciúme.
-Você não quer? – Selena se mostrou um pouco triste.
-Claro que sim – Demi respondeu sorrindo – isso é incrível, meu Deus, muito obrigada – ela se levantou para abraçar Selena.
-Bom, até lá teremos tempo pra te lançar de fato – L.A. explicou se levantando – tudo vai dar certo, Demi – ele sorriu – com licença, meninas.
Ele saiu e Selena voltou a se sentar, Miley encarava ela com uma cara nada boa.
-Então, Demi – Selena limpou a garganta um pouco incomodada com o olhar de Miley – eu ouvi algumas das suas musicas e eu tenho que dizer, sua voz é incrível.
-Obrigada – Demi sorriu sem jeito – eu nem acredito nisso – ela encarou Selena mais uma vez – é surreal.
-Nós vamos nos divertir muito, você vai ver – Sel comentou – acho que seremos ótimas amigas.
-É, serão – Miley se pronunciou com um sarcasmo exagerado.
-Miley – Demi a chamou, mas ela ignorou e voltou a olhar para Selena.
-Como vão as coisas, Sel? – perguntou em tom de deboche.
-Perfeitas, melhor impossível – Selena respondeu no mesmo tom – e sua linda vida, como anda?
-Também em perfeita ordem – Miley se levantou com sua bandeja prestes a sair da cantina – graças a um certo Jonas.
-Não liga, a Miley ela – Demi tentou argumentar mas Selena a interrompeu.
-Eu sei como ela é, Demi, eu a conheço – ela sorriu fraco – ela tem razão de me odiar, mas eu ainda faço ela mudar a opinião sobre mim.
-Afinal, o que aconteceu entre vocês duas? – Demi perguntou – ela nunca comentou nada comigo.
-Um dia ela te conta – Selena sorriu – bom, foi um prazer te conhecer mas eu tenho que ir – ela se levantou e abraçou Demi – até.
-Até – Demi respondeu sorrindo – e mais uma vez, obrigada.
Demi esperou Selena sair da cantina e foi furiosa atrás de Miley, rodou toda a gravadora e a encontrou ouvindo musica no sentada no muro do estacionamento.
-Não trabalha mais não, Destiny? – Demi perguntou com os braços cruzados.
-É bom parar pra descansar as vezes, Demetria – Miley respondeu sem olhar para a amiga.
Demi caminhou até ela e se sentou ao seu lado no murinho.
-Vai me contar o que rolou entre você, o Nick e a Selena ou eu vou ter que virar BFF dela pra descobrir?

Nenhum comentário:

Postar um comentário