quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 54


Capítulo 54

Dentro da boate, na parte de cima, Alex, Nick e Miley tentavam distrair Ashley a qualquer custo, mas isso não era uma coisa muito impossível, Ashley é o tipo de pessoa que esquece do mundo quando recebe um elogio, fica se achando e nesse momento estava detalhando para Alex como eram as filmagens da saga em que ela participava.
-Um minuto – Alex fingiu que seu celular estava tocando e se levantou do sofá em que estava com Ashley, se aproximou de Nick e Miley desesperado – cadê aqueles dois? Eu não aguento mais essa garota.
-Eles devem estar se agarrando por aí – Miley disse naturalmente – segura essa, vai, pela Demi.
-Pelo amor de Deus – Alex suplicou – eu já sei até a cor da cueca do Edward.
-Robert – Nick corrigiu.
-Que seja – Alex bufou.
-Eu vou procurar eles, ok? – Miley disse – aguenta mais um pouquinho.
-Pelo amor de Deus, seja rápida – ele disse e voltou a se sentar do lado de Ashley.
-Algum problema? – ela perguntou.
-Era da agência – Alex sorriu sem jeito e ela o encarou – eu sou modelo.
-Eu também já trabalhei como modelo – Ashley se empolgou – teve uma vez, numa semana de moda em Paris…
Alex respirou fundo e olhou pra Miley com cara feia.
-Eu acho melhor você ir atrás deles – Nick disse.
-To indo – ela disse – você fica aí ajudando ele a enrolar a chata.
-Não, Miley – Nick pediu desesperado.
-Eu to mandando – ela disse brava e deu um selinho nele.
Do lado de fora Joe e Demi ainda matavam as saudades um do outro, eles riam, conversavam e agiam como namorados, como nos velhos tempos.
Depois de rodar todos os cantos da boate, Miley foi para a porta dos fundos com a ideia de ligar para Demi do lado de fora, mas quando ela saiu, pode vê-los se beijando.
-Super romântico, casal, se comer nos fundos de uma boate – ela ironizou e Demi corou – mas ninguém aguenta mais a Ashley mala, não tá dando pra segurar ela, então, se resolvam e voltem pra lá com uma excelente desculpa.
Demi se deu conta do que tinha feito, lembrar da existência de Ashley foi como se jogassem um balde de água fria nela, ela se soltou dos braços de Joe e encarou Miley desesperada.
-Meu Deus – disse baixo pondo a mão na boca.
-Só agora? – Miley perguntou – lerda. Enfim, mais dez minutos no máximo, ok?
Demi suspirou e encarou Joe, ele encostou na parede e abriu os braços, ela logo o abraçou com força.
-E agora? – ela perguntou triste – eu não podia ter feito isso, eu não acredito que eu me deixei levar, eu…
-Calma, Demi – Joe a interrompeu segurando-a com força em seus braços – eu tenho uma garota la dentro que faria de tudo pra ter o seu lugar, sim, eu estou namorando com ela, mas eu não a amo, as tentativas dela de me fazer notá-la chegam a ser ridículas pra mim, aquela garota não causa nenhum efeito em mim e eu só estou com ela pra te esquecer – nesse momento ele afastou Demi e a encarou com intensidade – se você disser que vai dar uma chance pra nós, eu largo ela na hora pra ficar com você.
-E se eu não disser? – Demi perguntou baixo – você continua com ela?
-Bem – Joe respirou fundo – eu meio que prometi que tentaria fazer com que desse certo com ela, mas isso foi antes, depois do que a gente teve aqui, é só você se posicionar que eu entro agora lá e termino tudo com ela.
Demi se afastou atônita, ela sabia que iria se arrepender de ter se deixado levar, mas nunca poderia imaginar que Joe chegaria a tanto, ela queria ir com calma, queria que, só o fato deles terem se beijado ali fosse o suficiente pra ele terminar, mesmo não tendo certeza de que eles voltariam, pra aí sim, eles se reaproximarem.
-Você tem medo, né, Joseph? – ela perguntou com lágrimas de raiva se formando em seus olhos – medo de ficar sozinho, por isso você tem que se garantir comigo, prefere ficar com alguém que você não ame do que tentar reconquistar aquela que você diz amar.
-Não é isso, Demi, é que – ele tentou se corrigir mas desistiu quando reconheceu que tinha errado.
-Onde eu tava com a cabeça, hein? – Demi se perguntou enxugando as lágrimas – me esquece, Joseph, por favor, eu não aguento mais isso – ela pediu com frieza, olhando nos olhos dele – já que você não cumpriu a promessa que fez a mim, seja homem e cumpra a que você fez a ela – ele abaixou a cabeça visivelmente envergonhado e Demi entrou na boate e foi direto para o banheiro tentando conter as lágrimas.
Joe socou a parede com força e entrou logo em seguida, indo para a parte de cima, deu de cara com Alex e Ashley conversando, esperou a raiva subir, o coração acelerar, mas não, ele não tinha ciúmes daquilo, pelo contrario, pediu mentalmente pra que ela tivesse descoberto o amor de sua vida, mas, assim que o viu, ela levantou e agarrou Joe.
-O que aquela maluca te fez? – Ashley perguntou – eu tentei ir atrás, mas ele me impediu – ela apontou pra Alex e Joe o agradeceu com o olhar.
-Ela não me fez nada, Ash – ele a empurrou delicadamente e se sentou no sofá de cabeça baixa.
Demi foi para a área em que eles estavam quando se sentiu segura o suficiente para não chorar por Joe e nem matar Ashley, quando ela terminou de subir as escadas todos a encararam.
-Joseph deixou uma grande marca no seu pescoço – Miley cochichou e Demi corou – esconde isso antes que a Ashley veja, ela é burra, mas qualquer um iria sacar.
-A gente pode ir agora? – Demi perguntou triste puxando o cabelo pra frente sob os olhares mortais de Ashley.
-Tem problema o Alex te levar? – Miley perguntou – eu vou levar o Nick na casa do Kevin e fica meio fora de mão pra mim.
-Não, tudo bem – Demi disse forçando um sorriso.
-Vamos então, Demi? – Alex perguntou e estendeu a mão pra ela, ela fez que sim com a cabeça e eles saíram de mãos dadas da boate, aquela cena acelerava o coração de Joe e causava nele uma fúria gigantesca, mas ele sabia que a havia perdido, talvez pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário