quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 49


Capítulo 49

-Ei, Terra chamando – Miley debochou.
-Presta a atenção no transito, Miley.
-Nossa, Demetria – Miley riu – ei – ela chamou – supera, tá?
-Eu não consigo – Demi bufou com raiva de si mesma por não conseguir esquecer Joe – ele fica cada vez mais lindo, mais irresistível.
-Não acho não – Miley disse rindo – você tem que esquecer, ele não te merece, agora então, e você se saiu tão bem lá.
-Uhum – Demi debochou – imaginando uma camisa de força pra não atacá-lo.
-Ai, Demi – Miley suspirou enquanto estacionava em frente a nova casa da amiga – vai fazer alguma coisa a noite?
-Não meu amor – Demi disse irônica – mas você não faz meu tipo.
-Cala a boca – elas riram – o Nick me chamou pra ir no show deles hoje, vamos?
-Hm, ver o Joe cantando – Demi riu sem humor – tentador.
-Demi, por favor – Miley fez voz de criança – vai comigo.
-Miley – Demi encarou a amiga séria, mas ela fazia um biquinho de criança – tá.
-EBA – Miley comemorou batendo palmas – venho te pegar mais tarde.
-Ok.
Elas se despediram e Demi entrou correndo em casa com o contrato nas mãos, seus pais prometeram estudar tudo no dia seguinte com um bom advogado, como já estava em cima da hora do show, ela correu para tomar banho e se arrumar, quando saiu do banho viu uma mensagem de Miley.
“Use umas das roupas que eu comprei pra você, senhorita, haha, daqui a pouco passo aí, beijos”
Demi deu uma olhada nas roupas, todas lindas, como estava calor, ela optou por um shortinho básico, uma camiseta rosa com uma bata por cima, maquiagem bem clara e o cabelo solto, sorriu vendo o resultado ao mesmo tempo em que sua mãe entrou em seu quarto.
-Pretende arrumar isso aqui quando? – Dianna perguntou vendo as malas espalhadas pelo chão.
-Quando eu tiver um tempinho – Demi sorriu.
-Acho bom – elas riram juntas – a Miley já está ai, não quis subir, disse que está atrasada – Demi pegou seu celular e foi em direção a sala – vocês estão sempre com pressa.
-Beijos, mãe, te amo – ela disse pegando as chaves.
-NOSSA – Miley quase gritou quando Demi entrou no carro.
-Que? – ela perguntou confusa.
-Você quer matar o Joe?
-Não me lembra que eu to indo para o show dele, ok? – Demi disse com raiva – o que eu não faço por você, hein?!
-Que fofinha, gente –Miley debochou dando partida no carro.
Quando elas chegaram, passaram por um portão que havia atrás da casa de show, elas ficariam em um camarote vip ao lado direito do palco, um pouco mais no alto, com uma parede de vidro e poltronas vermelhas.
-Nossa, até coquetel – Demi debochou da mesa que estava no canto com um amplo bufê.
-Seus show também serão assim – Miley encarou a comida, a porta se abriu e alguém correu para abraçar Demi.
-Frankie – ela exclamou assim que conseguiu ver quem era – como você cresceu.
-É verdade – ele se gabou – já sou um rapaz.
-Um rapaz que ainda não aprendeu a arrumar o chapéu – ela se agachou e arrumou o chapéu dele depositando um beijinho em sua bochecha logo em seguida – seus pais estão ai?
-Não – ele disse se sentando em uma das poltronas – eles estão viajando.
-Hum – Demi lamentou – é uma pena, estou com saudades deles.
-Você voltou pra sempre? – ele perguntou.
-Acho que sim – Demi sorriu e ele sorriu mais ainda.
-E por que você não volta a ser minha babá e vai morar com a gente? – ele disse empolgado – minha nova babá é legal mas eu prefiro você, ela não sabe nem o que é brigadeiro.
Eles riram juntos.
-Não é assim tão fácil, Frankie – ela explicou – mas olha, você pode ir me visitar sempre que quiser, minha irmã iria adorar te conhecer, ela tem quase a sua idade.
-É mesmo? – ele perguntou interessado – ela bonita igual a você?
-Ela é mais bonita que eu.
-MESMO? – ele se espantou.
-Uhum – Demi fez uma cara séria – mas você é meu marido, então pode parando com esse sorrisinho aí.
-Que sorrisinho? – ele tentou disfarçar mas os dois começaram a rir.
-Ei, princesa – Nick apareceu abraçando Miley por trás, Joe entrou no camarote logo em seguida.
-Ah, você tá aí – ele disse pra Frankie, enquanto Nick e Miley se agarravam em um canto – por isso que eu não gosto de te trazer sem os nossos pais, você não pode sumir assim.
-O Nick sabia onde eu tava – Frankie se defendeu – ele disse que era pra eu vir pra cá porque a Demi estaria aqui, eu achei que ele estivesse mentindo, mas vim mesmo assim.
Joe não prestava a atenção em uma só palavra que Frankie dizia, ele encarava Demi com cara de bobo, bem que Miley havia dito que ele agiria desse jeito.
Demi se sentiu desconfortável e tentou puxar o short mais para baixo, mas ele ainda olhava, até que uma voz insuportavelmente fina preencheu o lugar.
-Amor!
-Ah, não – Frankie se afundou na poltrona e cruzou os braços.
Ashley deu um selinho em Joe, ele tentou se esquivar mas ela praticamente o agarrou, era estranho pra ele fazer isso na frente de Demi.
-Oi, Nick – Ashley sorriu e foi até ele o abraçando – ei, Miley – elas se abraçaram também de um jeito formal demais.
Ela caminhou até Frankie e apertou sua bochecha, em seguida olhou pra Demi.
-Oi – Ashley disse tentando parecer simpática – quem é você?
-Uma amiga minha – Miley se meteu.
-Ah, sim – Ashley sorriu – qual é o seu nome?
-De… – Demi começou a dizer.
-Denise – Joe a interrompeu.
-O mesmo nome da sua mãe – Ashley concluiu.
-Pois é – ele sorriu sem jeito.
-Que palhaçada é essa? – Frankie perguntou revoltado – porque a Demi não pode ser chamada de Demi na frente da Ashley?
-FRANKLIN – Nick, Miley e Joe gritaram ao mesmo tempo.
-Ela é a tal Demi então, Joseph? – Ashley perguntou com raiva.
-Ela é uma amiga, Ash – ele respondeu.
-Ah, é, e por que você me chama de Demi as vezes?
-Porque eu fui babá do Frankie e morei com eles por um tempo, eu e o Joe nos tornamos muito amigos, como irmãos – Demi fez uma careta – então, quando eu tive que ir embora a gente sofreu muito, a gente sentiu muita falta um do outro, mas agora eu estou aqui e ele não vai mais te chamar assim, e pode ficar tranquila, eu não estou interessada em ocupar o seu lugar na vida dele, quer dizer, isso seria estranho, ele é realmente só um amigo.
-É isso mesmo, Joseph? – Ashley perguntou desconfiada.
-Cla-claro que é – ele disse ainda bem tenso, Miley e Nick se contorciam pra não rir.
Ashley parece ter engolido toda aquela história, ela apenas se sentou em uma poltrona que estava mais afastada e ficou mexendo no celular, Joe foi até a mesa pegar uma água pra tentar se acalmar, e Demi voltou a conversar com Frankie.
-Agora, olhando as duas assim, uma do lado da outra – Miley disse zombando – você ainda acha que fez um bom negócio? Sério, essa menina tem o corpo no formato de uma lasanha de microondas.
Nick e Joe soltaram uma gargalhada.
-Eu sei que eu fiz besteira, tá – Joe respondeu um pouco mais calmo agora – a Demi é incrível, ela é perfeita, e a Ashley, bem, ela é legal e não merece que eu tenha que pensar em outra pra conseguir ao menos beijá-la.
-Ei, meninos – um rapaz chamou na porta – vamos descer, o show começa em 10 minutos.
Nick deu um selinho em Miley e abraçou Demi, saindo da sala logo em seguida, Joe apenas depositou um beijinho na testa de Ashley e olhou pra Demi agradecendo.
-Bom show – Demi disse e o surpreendeu com um abraço, ele correspondeu com intensidade, mostrando o quanto sentia falta daquilo.
-Obrigado – ele disse e ela sabia que ele não estava agradecendo só àquilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário