sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 9


Capítulo 9

-Bom, então é isso, Demi – Paul se sentou no sofá e Demi em outro, Denise estava colocando Frankie pra dormir, eles estavam discutindo salário e horário de trabalho – eu passo o dia todo fora, mas Denise costuma ficar por aqui, e quero que saiba que você tem carta branca pra usar o estúdio, quando quiser.
-Muito obrigada – Demi respondeu sorrindo, era tudo que ela precisava, horários flexíveis, um bom salário e ainda um estúdio profissional.
-De nada, agora você pode ir descansar, se recuperar do fuso horário – Paul deu um sorriso amigável, Demi via muitas coisas em comum entre ele e Eddie, e sabia que não se sentiria sozinha aqui, ela se levantou e foi dormir.
No dia seguinte e nos outros que vieram, Demi cumpria sempre seus horários, ela estudava em uma das melhores escolas de música de Los Angeles na parte da manhã, chegava em casa para separar o uniforme de Frankie, acompanha-lo no almoço, ajuda-lo com as tarefas, ir com Marcos até a escola para leva-lo, a tarde ela estudava mais e mais, e na parte da noite, ela tomava conta de Franklin e as vezes ficava no estúdio com Paul aprendendo a mexer em todos aqueles equipamentos.
Os três primeiros meses voaram, Demi já estava habituada a sua rotina, a sua “nova” família, mas havia esquecido de um pequeno detalhe.
-Olá – uma voz masculina gritou, Demi estava no quarto estudando, Frankie estava na escola, Denise havia ido ao mercado e Paul estava na gravadora – alguém?
Demi esperou, Sara sempre atendia a porta, até porque, essa era a sua função, mas a pessoa não havia tocado a campainha, Demi resolveu ir ver quem era, quando saiu do quarto, deu de cara com alguém no corredor.
-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH – ela gritou e ele gritou em resposta, ficaram assim, gritando por alguns minutos.
-O que é isso? – um outro menino perguntou mandando os dois calarem a boca.
-Quem é você? – o primeiro perguntou e então Demi se deu conta, Joseph Adam Jonas na sua frente.
-Como assim, quem sou eu? – Demi achou estranho, Denise não falara nada sobre ela? – eu sou a nova babá do Frankie, você quase me matou.
-Por ter entrado na minha casa – Joe perguntou sorrindo irônico – me desculpa. E o Franklin não precisa de babá, que papo é esse, você sabe de alguma coisa, Nick?
-Não – Nick respondeu olhando pra Demi – prazer, sou Nicholas.
-Eu sei – Demi sorriu – me chamo Demi.
-Você sabe onde está a minha mãe? – Nick perguntou calmo.
-Ela foi ao mercado – Demi respondeu naturalmente – ela achou que vocês chegariam mais tarde, e me pediu pra fazer pão de queijo, disse que sua antiga babá era brasileira e que vocês adoravam, e como eu também “sou” brasileira – Demi fez aspas com as mãos, sua família tinha descendência brasileira, mas ela nascera nos Estados Unidos.
-Hum, eu percebi – Joe secava Demi – quer dizer, eu vou esperar no meu quarto – e saiu.
-Acredita que a mamãe não está em casa, as coisas já foram melhores – Kevin chegou falando – no começo eles viajavam com a gente, depois esperavam a gente com um banquete, e agora nem ficam em casa para nos receber – ele percebeu que Demi estava ali – você deve ser a nova babá do Frankie – ele sorriu.
-Você sabia dessa história? – Nick perguntou.
-Sim, a mamãe me ligou avisando, ela não ligou pra vocês? – Kevin perguntou e Nick negou – hum, então devia ser pra eu dar o recado, devo ter esquecido, prazer Kevin, e você, Demetria.
-Só Demi – ela sorriu em resposta enquanto alguém tocava a campainha.
-Deve ser ela – Nick observou e eles desceram.
-Meninos, já? – Denise largou as compras no sofá e saiu correndo em direção aos filhos – que saudade – vejo que já conheceram a Demi – eles sorriram – cadê Joseph?
-Aqui – Joe apareceu no topo da escada, ele havia tomado um banho rápido, estava de bermuda e com uma regata branca, seu cabelo molhado e bagunçado – que saudades da Senhora – ele abraçou a mãe – o pirralho tá na escola?
-Sim – Denise respondeu – venham me contar como foi, Demi, venha com a gente – Joe rolou os olhos e Demi foi com eles até a sala de TV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário