sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 31


Capítulo 31

-Finalmente – Miley disse abrindo a porta para Demi.
-Os taxistas dessa cidade tem um sério problema – Demi observou sorrindo enquanto entrava no apartamento.
-Tem que ter uma manha – Miley disse.
-Acho que já me falaram isso antes – Demi sorriu se lembrando de Joe – mas, e aí, tudo certo?
-Sim – Miley se jogou no sofá e Demi se sentou ao seu lado – e você?
-Tudo ótimo – Demi olhou em volta – sua casa é muito linda, Miley.
-Obrigada – ela respondeu – lindo é o que eu preparei pra gente.
Miley deu um pulo puxando Demi pelo braço, elas pararam em frente a uma porta branca escrito “Radiate Love” em dourado, Miley abriu a porta e entrou no quarto como um tufão. O quarto tinha almofadas espalhadas por todo o chão e na cama, em uma mesa no canto, um banquete, chocolates, pipoca, pizzas, refrigerantes, potes de sorvete.
Mas no canto uma TV gigantesca com um videogame ligado com duas guitarras e um microfone do lado, um karaokê também estava instalado, o clima perfeito para elas.
-Gostou? – Miley perguntou sorrindo.
-AMEI – Demi disse encantada.
-Acho que não tá faltando nada – Miley olhou em volta pra ter certeza.
-É, você pensou em tudo – Demi disse sorrindo.
Elas começaram a festa, qualquer um que visse diria que elas eram amigas a anos, as duas riam  de qualquer bobeira, se xingavam, zoavam das musicas no karaokê, enfim, se divertiram como duas crianças.
-Cansei – Miley disse rindo se jogando na cama, Demi se jogou ao lado dela rindo também – se vissem nosso estado diriam que a gente usou drogas – elas gargalharam.
-É que seu tombo foi muito engraçado, Miley – Demi começou a gargalhar e Miley a acompanhou.
-Ai, ai – Miley suspirou tomando fôlego – obrigada por ter vindo, Demi.
-Que isso – Demi olhou pra ela – você é a minha primeira amiga.
-Você não tem amigas no Brasil? – Miley perguntou.
-Tenho – Demi respirou fundo – minha mãe e minhas irmãs, e meu ex namorado, eles eram meus amigos – Demi ficou triste – as meninas que andavam comigo faziam isso por status.
-Acredite em mim, eu te entendo – elas sorriram sem vontade – e esse ex ai, era gato? – Demi sorriu e mostrou uma foto deles no celular – UOU – Miley soltou – Demi, minha filha, como você deixa um homem desse sair assim da sua vida?
-Ele não saiu da minha vida – Demi riu – ele continua sendo meu melhor amigo, a gente só não namora mais.
-Por que você está perdidamente apaixonada pelo Joe – Miley completou.
-Tá muito na cara, né?!
-MUITO – Miley debochou – ele gosta mesmo de você, Demi, mas você vai ter que ter paciência com ele, é tudo muito novo pra ele.
-Eu sei – ela disse baixo.
-E como está o Nick? – Miley perguntou e Demi encarou ela com uma cara debochada – que? – Demi não disse nada, só continuou sorrindo – tá muito na cara né?! – ela imitou Demi e riu.
-Ele te ama, Miley – Demi disse e Miley ficou tensa – ele sempre me falava de você – Demi riu – chegava a ser chato.
-Eu sinto tanta falta dele – Miley disse manhosa e Demi fez um sinal pra ela deitar em seu colo, enquanto Demi fazia carinho em sua cabeça Miley contava de Nick.
Ela contou tudo, de quando eles se conheceram, de como viraram amigos, porque eles tinha terminado, tudo.
-Relaxa, Mi – Demi disse sorrindo – vocês ainda vão voltar, vocês sabem onde erraram, e se amam, isso que é importante – Miley sorriu – que horas são?
-Uma e quinze da manhã – Miley disse olhando no celular.
-MEU DEUS – Demi gritou – eu tenho que ir, eu acordo cedo amanhã.
-Calma, mulher – Miley disse se levantando – eu te levo.
-Não precisa – Demi disse.
-Cala a boca, Demetria – Miley respondeu séria mas logo sorriu da cara de assustada que Demi fez.

Um comentário:

  1. Awwwww velho amei o capitulo!
    Eu passei dois dias sem poder entrar e quando vejo varios caps *uuu* quase me perdi kkkkk. enfim, posta logooo *uuuu* besos

    ResponderExcluir