terça-feira, 6 de novembro de 2012

Everything Has Changed - Capítulo 2


Capítulo 2


-Ih, olha, o papai já chegou – Demi disse – será que a mamãe já conversou com ele?
-Conversou o que, Demi? – Maddie quis saber.
-Nada princesa, agora entra, o almoço já deve estar pronto – elas desceram do carro.
-Vai ser difícil pra ela ficar sem você – Dallas observou enquanto trancava o carro, Demi respirou fundo, sabia que Madison era louca por ela.
-Ela quer ser como eu, Dallas, por isso eu vou ser alguém importante, pra que ela tenha ainda mais orgulho – Demi concluiu e entrou em casa, indo direto para a cozinha – hum, o cheiro tá ÓTIMO.
-Já está tudo pronto, vou preparar a mesa, me ajuda – Dianna pegou algumas panelas, enquanto Demi pegava talheres e outros acessórios.
-Corre, pai, corre – Madison gritava enquanto seu pai entrava na sala com ela pendurada nas costas.
-Olha o tapete, Eddie – Dianna alertou.
-Também te amo – eles deram um selinho.
-Ugh – Madison soltou e todos riram.
-Relaxa – Dianna cochichou pra Demi e eles se sentaram pra almoçar.
-Então, Demi – Eddie limpou a garganta – sua mãe me falou sobre o intercambio.
-Pai, isso é muito importante pra mim – Demi disse séria.
-Eu sei, Demi, eu sei, mas você também é muito importante pra mim, você e Dallas são minhas filhas – Demi sorriu, sabia que Eddie não precisava trata-la como filha, mas ele sempre fez questão de dar a ela e a sua irmã mais velha a imagem de um pai de verdade, coisa que Patrick nunca tinha feito, sem duvida, Eddie era responsável pela felicidade estar de volta naquela casa.
-Pai, eu vou me cuidar, eu prometo – Demi disse com os olhinhos brilhando.
-Quanto tempo? – Eddie quis saber.
-Bem, a principio seis meses, e se a família e eu entrarmos num acordo, posso prolongar pra mais seis meses no máximo – Demi explicou.
-Não – Eddie disse – apenas os seis primeiros meses, se não, nada feito.
-Isso então é um sim – Demi quis saber dando seu maior sorriso.
-Fazer o que, né, você quer tanto, e eu confio na criação que te dei – Eddie finalmente sorriu, Demi já estava pendurada no pescoço dele beijando-o e falando o quanto ela o amava.
-Perdi a fome – Madison disse e saiu correndo com lágrimas nos olhos.
-Vai falar com ela, Demi – Dallas disse e Demi saiu correndo atrás dela.
-Princesa? – Demi chamou enquanto entrava no quarto da irmã, dava pra ouvir seu choro da porta.
-Por favor, Demi, me deixa sozinha aqui – Madison pediu.
-Eu sei que não é isso que você quer – Demi se sentou ao lado da irmã, num tapete rosa felpudo.
-Por que, Demi? Por que você tem que ir? – Maddie quis saber, agora ela encarava Demi com lágrimas nos olhos.
-Vem cá – Demi abriu os braços e a pequena logo se aconchegou neles – Maddie, você sabe que eu amo a música e que eu preciso disso, eu preciso melhorar, eu preciso estudar pra conseguir ser uma estrela como – Demi torceu o nariz percebendo a quantidade de posters que tinha do Justin Bieber no quarto da irmã – como o Justin.
-Mas você já é – Maddie argumentou – você é incrível, Demi, eu te escuto cantando por ai, você já está pronta pra ser até melhor que ele.
-Pode até ser, princesa, mas eu não vou conseguir nada ficando presa aqui no Brasil – Demi pensou – olha para esses posters, todos aqui são hiper famosos e nenhum deles é brasileiro, eu amo meu país, mas eu não vou conseguir ficando aqui – Demi forçou Maddie a se virar para olha-la – e sem o apoio da minha melhor amiga, como eu vou conseguir isso?
-Tudo bem, Demi – Maddie finalmente disse – eu vou te apoiar, mas, por favor, não demora, você é minha única amiga, você sabe.
-Eu sei, e você também é minha única amiga, e eu vou pirar sem você, mas a gente vai se falar todos os dias, viu, toda hora – Demi forçou um sorriso.
-Eu queria crescer logo – Madison fitou o chão – pra ficar logo linda igual a você.
-Madison – Demi segurou delicadamente o queixo de sua irmã que já chorava novamente – você É linda, é a menina mais linda que eu já vi, a mais engraçada e inteligente também, não importa o que os outros pensem ou falam, você é perfeita, do seu jeito, e eu não quero que você cresça, você já é mais bonita que eu agora, se crescer então, eu to ferrada, vai ter um exercito de meninos atrás de você,e eu realmente não quero que nenhum deles toque na minha irmãzinha – Madison sorriu – vamos voltar pra mesa?
-Vamos – Maddie respondeu depois de respirar fundo, Demi se levantou e parou na porta esperando sua irmã segui-la – eu te amo, Demi, e eu tenho certeza que você trará muito orgulho pra gente.
-Eu também te amo, princesa – Demi respondeu e levantou a irmã – agora vamos antes que dona Dianna dê um ataque – elas sorriram e desceram as escadas brincando como se nada tivesse acontecido.
-Desculpa por ter saído daquele jeito da mesa, mãe – Maddie assumiu seu lugar de antes e retomou sua refeição, Demi estava parada na porta observando enquanto todos a olharam com cara de “como você consegue?”, ela apenas sorriu e voltou a almoçar.
-Quando você pretende ir?  - Dallas perguntou depois de um longo silencio.
-Não sei – Demi respondeu – dentro de um mês mais ou menos – Demi olhou pra Madison que a encarava triste – vai dar tudo certo, confia em mim – Maddie sorriu fraco e voltou a comer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário